A história do McDonald’s

O McDonald’s é uma marca tão forte que foi incorporada na cultura contemporânea; não há quem não conheça esse nome símbolo do capitalismo e da globalização. A empresa é responsável por uma rede internacional de lanchonetes fast-food fundada em 1955 nos Estados Unidos, e hoje está presente em mais de 100 países. Seus hambúrgueres e batatas fritas fazem um enorme sucesso e geram muito lucro em todos os restaurantes. Entre os tipos de serviços oferecidos há o Drive-Thru. Vamos conhecer a história dessa famosa marca?

Tudo começou com uma barraquinha de cachorro-quente inaugurada pelos irmãos Dick e Mac McDonald em 1937. Chamada de Airdome, ficava na cidade de Arcadia, California, e lá funcionou durante 3 anos. Depois foi transferida para San Bernardino, local onde os irmãos inauguraram mais um negócio: o restaurante McDonald’s. Instalado na Rota 66, era especializado em churrasco e tinha como diferencial um serviço no qual garçons usando patins entregavam os pedidos diretamente no carro dos clientes. Em 1948 Dick e Mac notaram que os hambúrgueres eram preferência e resolveram implantar um inovador Sistema de Serviço Rápido com montagem em série de hambúrgueres. Em seguida, o foco do restaurante passou a ser hambúrgueres, milk-shakes, e batatas fritas.

Em 1953 foram criadas franquias nos Estados Unidos e os restaurantes começaram a chamar a atenção. Um ano depois, o vendedor de máquinas de milk-shake Ray Kroc sugeriu a expansão para outras localidades e fez um acordo para abrir sua primeira franquia em Illinois, Chicago. Ray se esforçou ao máximo para divulgar a marca, que mesmo existindo há 15 anos, fez mais sucesso em suas mãos. O restaurante de Chicago é considerado por muitos como o número 1. Ray Kroc comprou a empresa e acrescentou a ela os arcos dourados e o palhaço Ronald McDonald como estratégia para atrair as crianças. Em 1997 foi aberta a primeira loja fora dos Estados Unidos, em Columbia no Canadá, e em 1968 foi criado o produto mais famoso, o Big Mac. Nos anos seguintes foi se espalhando para outros países. A rede chegou ao Brasil em 1979 na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, e foi a primeira unidade da América do Sul. Em 1981 chegou a São Paulo e hoje está presente em todo o país, apresentando produtos exclusivos.

O logotipo

Criado em 1953, é representado por um M amarelo e começou a ser utilizado em 1962. De 1968 a 2003 aparecia sob um fundo vermelho.

Ronald McDonald

O personagem surgiu na década de 60 para promover a marca em anúncios de televisão. Aproveitando a grande audiência de programas infantis na época, Ronald foi moldado em inspiração ao palhaço Bozo, do programa “Circo do Bozo” de um canal de Washington filiado da NBC. Bozo fazia propaganda do McDonald e assim continuou mesmo após o cancelamento do programa em 1963. Quando isso ocorreu, o dono da loja de Washington criou um palhaço próprio e convidou o ator William Scott, intérprete de Bozo, a dar vida a seu personagem. Fazendo sucesso total, o mágico e malabarista Ronald McDonald virou símbolo nacional em 1965. Em 1971, ganhou amigos vindos da fictícia cidade de McDonaldland.

Críticas

Apesar de ser popular, o McDonald’s é alvo de diversas críticas por parte de opositores ao sistema capitalista, ao estilo de vida americano imposto pela padronização do serviço e à carga horária e remuneração dos funcionários. Além disso, o valor calórico de seu cardápio gera polêmica com os altos índices de obesidade observados nas pessoas que consomem muito nos restaurantes da franquia. Diante da pressão, alimentos mais saudáveis passaram a fazer parte do cardápio em 2004.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade