A origem do Dia do Trabalho

O dia 1 º de maio é uma data importante para todos os trabalhadores do país, pois é quando se comemora o Dia do Trabalho, feriado nacional que homenageia todos os que exercem uma ocupação. Neste dia, as pessoas aproveitam para curtir a folga festejando ou relaxando em uma viagem, mas é importante que seja lembrado o verdadeiro significado por trás dessa data. O feriado foi instituído depois de acontecimentos históricos que envolviam a luta de muitos trabalhadores pelos seus direitos, e hoje devemos valorizar todo os esforços feitos que nos garantiram melhores condições de trabalho. Foi uma batalha dura e cansativa, mais não foi em vão. Conheça os fatos que deram origem ao Dia do Trabalho.

No ano de 1886, a cidade de Chicago nos Estados Unidos era bastante industrializada, mas não oferecia boas condições de trabalho para os operários. Eles não tinham nenhum direito assegurado e enfrentavam longas jornadas de trabalho sem um salário digno. Diante disso, milhares de manifestantes se reuniram nas ruas da cidade no dia 1º de maio para reivindicarem melhores condições de trabalho, entre elas:

– Redução da jornada de 13 para 8 horas;

– Melhores salários;

– Descanso semanal remunerado;

– Período anual de férias.

Ao mesmo tempo, ocorria uma greve geral no país, que resultou em violentos conflitos com a polícia. No dia 03 de maio, os confrontos causaram a morte de vários manifestantes, deixando seus companheiros revoltados. No dia seguinte, sete policiais foram mortos com a explosão de uma bomba e mais doze manifestantes foram mortos. As ações dos trabalhadores ficaram conhecidas como “A Revolta de Haymarket”. Através de um julgamento injusto, os participantes da revolta foram presos e outros enforcados, retratando a repressão que sofriam na época.

Em 20 de junho de 1889, a “Segunda Internacional Socialista”, uma central sindical, se reuniu em Paris para homenagear os trabalhadores mortos nos conflitos e insistir na luta pela redução das horas de trabalho. Nessa ocasião, o primeiro dia de manifestações foi escolhido para se comemorar o Dia Mundial do Trabalho. No dia 23 de abril de 1919, a jornada de trabalho de 8 horas foi ratificada pelo senado francês e o feriado de 1º de maio foi proclamado.

Aos poucos, a data foi sendo adotada por outros países (nem sempre o dia 1º), começando pela Rússia; e se tornou oficial no Brasil em 1924. A partir de 1940, durante o governo de Getúlio Vargas, foram criadas várias medidas de benefício ao trabalhador, que incluíam o novo salário mínimo, e a criação da Justiça do Trabalho.

Os países que comemoram o Dia do Trabalho o dedicam à memória dos oito líderes enforcados em Chicago, e organizam festas sindicais, reivindicações e passeatas.

Independente do que seja realizado no feriado, o mais importante é o reconhecimento dos sacrifícios feitos pelos antigos trabalhadores.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade