Agosto, o “Mês do cachorro louco”

Provavelmente você já ouviu essa expressão por aí e ficou se perguntando por que o mês de agosto recebeu esse apelido. Bom, assim como qualquer outra crença, há várias versões para explicar o fato. A origem pode vir de acontecimentos históricos ou simplesmente dos cães mesmo. E não é de agora que agosto é considerado um mês de azar e desgosto, isso vem desde a época dos romanos antigos. Vamos conhecer algumas curiosidades sobre o oitavo mês do ano:

De acordo com a lenda, os romanos escolheram o nome Agosto para homenagear o imperador Cesar Augusto. De repente, o mês começou a ser considerado azarento. Os romanos acreditavam que no mês de agosto um dragão terrível andava pelo céu cuspindo fogo, mas era apenas a constelação de Leão, que ficava visível nos céus do hemisfério norte durante esse período.

São muitos os fatos históricos que podem ter motivado essa crença. Em Portugal, na época das grandes navegações, os navios de expedição saiam à procura de novas terras no mês de agosto. As viagens duravam meses e anos, e era muito arriscada, por isso as mulheres nunca se casavam no oitavo mês para não ficarem sozinhas sem lua de mel ou viúvas. A crença foi trazida para o Brasil e gerou o dito popular “Casar em Agosto traz desgosto”.

 

Agosto, o "Mês do cachorro louco"

Em vários outros países o receio é o mesmo, baseado em acontecimentos como esses:

O massacre de São Bartolomeu, ordenado por Catarina de Medici, da França (24/08/1572);

A derrota dos poloneses pelos russos na Revolta de Varsóvia (14/08/1831);

A invasão da França no Camboja (11/08/1863);

A invasão do Japão em Pequim (08/08/1937);

O início da Primeira Guerra Mundial (01/08/1914);

O bombardeio nas cidades de Hiroshima e Nagasaki (06 e 09 de agosto de 1945);

A nomeação de Adolf Hitler como Chefe de Estado da Alemanha (02/08/1934);

O suicídio de Getúlio Vargas (24/08/1954);

O início da construção do Muro de Berlim (13/08/1961);

Início dos conflitos sangrentos entre católicos e protestantes da Irlanda do Norte (12/08/1968);

A morte de Juscelino Kubitscheck em um acidente de carro (22/08/1976);

Agora, a explicação mais “comprovada”:

Devido às condições climáticas, há uma concentração maior de cadelas no cio no mês de agosto. Durante o seu período fértil, os cachorros brigam para conquistá-las, o que ocasiona a disseminação da raiva, doença transmitida pela saliva do cão. Os animais infectados babam bastante e ficam com aparência de “loucos”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade