Albert Einstein

Albert Einstein foi um físico alemão radicado nos Estados Unidos. Ele nasceu em 14 de março de 1879 e morreu em 18 de abril de 1955 vítima de um aneurisma.
Ele foi considerado o mais célebre cientista do século XX por propor a famosa teoria da relatividade. Foi ganhador do Prêmio Nobel de Física em 1921 por explicar o efeito fotoelétrico, sendo um sinônimo de inteligência em todo o mundo.
As descobertas de Einstein revolucionaram o pensamento humano com diversas interpretações filosóficas. Através de seus trabalhos foi desenvolvida a energia atômica, mesmo não imaginando que chegaria a isso.
Pela revista “Time”, ele foi eleito a Pessoa do Século e sua face é uma das mais famosas mundialmente. O retrato de Einstein mostrando a língua é sucesso até hoje. No ano de 2005 foi celebrado o Ano Internacional da Física para comemorar os cem anos do annus mirabilis (ano miraculoso) de Einstein, no qual ele publicou quatro dos mais fundamentais artugos científicos do século XX.
Ele nasceu na Alemanha numa família judaica não-observante. Seus pais eram Hermann Einstein e Pauline Koch, estabelecidos na cidade de Ulm. Hermann era proprietário de um negócio de penas de colchão.
Com um ano de idade, Einstein e a família se mudaram para Munique e com três anos ele passou por dificuldades na fala. Com seis anos aprendeu a tocas violino.

Albert Einstein

Albert Einstein

Assim que surgiram dificuldades com os negócios a família resolveu se mudar para a Itália, deixando Einstein em Munique para que terminasse os estudos. Depois ele foi para a Suíça, em Aarau, onde terminou a escola secundária.
Em 1896 ele renunciou a cidadania alemã e ficou sem pátria até 1901, quando lhe foi concedido se tornar cidadão suíço. Ele cursou o ensino superior na ETH em Zurique, e mais tarde foi docente desta mesma instituição.
Ele se casou em 1903 com Mileva Maric com quem teve três filhos: Lieserl, Hans Albert e Eduard. A primeira morreu quando era bebê, o mais velho se tornou professor de hidráulica na Universidade da Califórnia e o mais jovem morreu num hospital psiquiátrico.
Sua teoria da relatividade foi apresentada pela primeira vez em 1915 em uma série de conferências que participou. No ano seguinte ele publicou “Fundamento Geral da Teoria da Relatividade”.
Em 1919 ele se separou de Mileva e casou-se com a prima Elsa. Ele se tornou muito famoso nessa época por ter sua teoria comprovada por um eclipse solar. Em 1921 ele publicou “Sobre a Teoria da Relatividade Espacial e Geral”.
Ao longo da vida ele passou por muitos países, inclusive o Brasil. Entre 1925 e 1928 ele foi presidente da Universidade Hebraica de Jerusalém. Quando Hitler tomou o poder da Alemanha em 1933, Einstein foi aconselhado por amigos a deixar o país e mais uma vez, a cidadania alemã.
Uma semana antes de morrer, vítima de aneurisma, ele enviou uma carta a Bertrand Russell dizendo que concordava com a inclusão de seu nome numa petição para exortar as armas nucleares de todas as nações. Ele morreu em Princeton, aos 76 anos e teve o corpo cremado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade