Alergia e ácaros

O ácaro é um dos principais responsáveis por alergia dentro de casa. Eles podem causar eczemas, sensação de peito fechado à noite, conjuntivite, coceiras nas mãos, espirros, coceiras no rosto, corrimento ou bloqueio e asma. O calor e a umidade mantidos em camas, colchões e travesseiros favorecem o surgimento dos ácaros.

Eles são considerados poluentes biológicos e agridem mais as pessoas que já tem algum tipo de alergia. Os ácaros são da família dos aracnídeos e possuem quatro patas, parecidas com as das aranhas. A vida deles é se alimentar, colocar ovos e brigar entre eles. Hoje se sabe que existem 30 mil espécies de ácaros. Um exemplo de ácaro bastante conhecido é o carrapato.

Porém, aqueles que realmente causam alergias são os encontrados dentro de casa, como os dermatofagóides (dérmato, pele e fagóide, come). Sua proliferação ocorre nos locais onde ocorre a descamação da pele e o ambiente ideal para eles é aqueles que são mais escuros, úmidos e quentes. Isso significa que mesmo os ácaros sendo encontrados em carpetes e estofados, o local predileto deles é o colchão, onde eles encontram o calor, a umidade, o escuro dos lençóis que o cobrem e a pele humana.

Não ter ácaros é o ideal, mas não é tão fácil assim se livrar deles. Como eles ficam presos nas fibras dos tecidos, aparelhos como aspirador de pó não conseguem removê-los. Com um vapor quente você consegue matá-los, já que a uma temperatura acima de 60° eles morrem. Mas como eles umedecem o tecido e dificilmente ele seca por completo, os ácaros voltam com tudo. Além disso, eles vivem por cerca de 100 dias e a fêmea coloca até 2 ovos por dia, o que significa que ao longo de sua vida ela pode colocar até 200 ovos.

 

One Response to Alergia e ácaros

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade