Bolero

A origem do bolero é incerta, já que alguns dizem ter surgido na Inglaterra e depois passou por França e Espanha com nomes variados. Outros dizem que ele é proveniente do fandango, uma dança espanhola de origem árabe.

Alguns autores alegam que o bailarino espanhol Sebastian Cerezo seria o criador do bolero e em 1780 foi inspiração de danças ciganas, fazendo uma variação das Seguidillas.

Num primeiro momento a dança era acompanhada de castanholas, violão e pandeiro, da mesma forma que o fandango. O casal dançava sem se tocar e com movimentos bastante sensuais, sempre se aproximando e se afastando.

O bolero serviu de inspiração para o mambo, o cha-cha-cha e a salsa, mas também recebeu influências de ritmos como tango. O Brasil é o único país que dança o bolero com figurações, passos de efeito e giros.

Nos demais países latino-americanos ele é dançado de forma simples e lenta. A expressão “dois para lá, dois para cá” é típica da dança, pois esta é a sua base fundamental. O bolero se desenvolveu em Cuba, México, Porto Rico, República Dominicana e outros países da América Central.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade