Censo apura aumento do número de evangélicos no Brasil

O Brasil ainda é um país de maioria católica, mas um censo realizado pelo IBGE aponta que o número de católicos no país despencou e o número de evangélicos, em contrapartida, aumentou.

Entre os censos de 2000 e 2010 o segmento de evangélicos só tem subido, de 15,4% foi para 22%. Em 1991 esse percentual era bem baixo, de apenas 9% e em 1980 menor ainda, apenas 6,6%.

Ainda de acordo com o censo, o número de católicos teve uma queda quase na mesma proporção considerando-se as duas décadas anteriores. Aumentou também o número de espíritas no país e dos que se declararam sem religião.

O Censo 2010 separou os evangélicos como de missão (luteranos, presbiterianos, metodistas, batistas, congregacionais, adventistas), pentecostais (Assembleia de Deus, Igreja do Evangelho Quadrangular, Igreja Universal do Reino de Deus, Maranata, Nova Vida etc) e igrejas evangélicas não determinadas.

Dentro desse crescimento do número de evangélicos, o aumento foi maior entre os pentecostais que cresceram de 10,4% em 2000 para 13,3% em 2010. Entre os evangélicos de missão teve ligeira redução de 4,1% para 4%.

Outro dado importante é que a maioria dos evangélicos têm perfil jovem com idade média entre os pentecostais de 27 anos e entre os de missão de 29 anos. A maioria deles tem cor parda e branca.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade