Conheça o Tratamento de sinusite

A sinusite é uma doença que incomoda muitas pessoas, manifestando-se em crises repentinas que podem se agravar quando não tratadas. O que ela é exatamente? É uma inflação das mucosas dos seios da face, região do crânio formada por cavidades ósseas ao redor do nariz, maçãs do rosto e olhos. Essa região é revestida por uma mucosa semelhante à do nariz e deve se comunicar com as fossas nasais sem impedimento, mas ás vezes algumas alterações barram a drenagem da secreção e provocam a inflamação das mucosas e a instalação de germes e fungos. Em um processo normal, os materiais estranhos retidos no muco são naturalmente eliminados pela parte posterior do nariz, mas quando a drenagem é impedida, o resultado é uma sinusite.

Infecções virais e alergias podem causar sinusite, que são divididas em agudas e crônicas.

Sintomas da sinusite aguda: dor de cabeça na área do seio da face (seio frontal, maxilar, etmoidal e esfenoidal) com pontadas e sensação de pressão, obstrução nasal com presença de secreção amarela ou esverdeada, dificuldade de respiração, febre, cansaço, coriza, tosse, dores musculares e perda de apetite.

Sintomas da sinusite crônica: praticamente os mesmos sintomas, mas com variação de intensidade. A tosse se apresenta mais forte e intensa à noite e de manhã.

Tratamento

A sinusite é tratada com analgésicos, antibióticos, medicamentos antifúngicos e outros que melhorem a permeabilidade nasal.

O paciente que apresenta sinusite deve se cuidar, principalmente nas regiões frias, para evitar infecções e complicações alérgicas. Em alguns casos é necessária uma cirurgia para correção de desvio de septo.

Algumas recomendações:

Se estiver resfriado ou gripado, beba bastante líquido e goteje de duas a três gotas de solução salina (feita com 1 colher de chá de sal e açúcar para cada litro de água fervente) nas narinas várias vezes ao dia. Isso ajuda a diluir a secreção.

Evite o ar condicionado, que resseca as mucosas e pode disseminar agentes infecciosos (especialmente fungos) que contaminam os seios da face.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade