Corrida Infernal – Um clássico da série Vagalume

Quem aí se lembra da Série Vagalume? Ela fez sucesso entre muitos jovens da década de 70/80 e 90, com uma série de livros lançados pela Editora Ática. Fez parte do acervo de livros de muitas escolas e apresentavam histórias repletas de aventuras, romance e suspense. Os escritores brasileiros caprichavam no enredo e as histórias policiais empolgavam muita gente. Um comentava com o outro e indicava novos livros e assim a Série Vaga-Lume era preferência entre leitores de todo o país. O autor Marcos Rey colaborava com a série escrevendo romances juvenis que se transformavam em grandes filmes de ação e aventura na imaginação. Corrida Infernal
é uma de suas obras apreciadas pelos jovens e merece ser lembrada e passada para a nova geração. A Série Vaga-Lume não produz mais esses livros, que podem ser encontrados em bibliotecas e sebos. Se você não teve a oportunidade de ler, procure um dos títulos da série que vai valer a pena.

Corrida Infernal - Um clássico da série Vagalume

 

Confira a sinopse de “Corrida Infernal”:
Em um dia comum como qualquer outro, a jovem Elaine encontra-se em um vagão de metrô sem saber que sua rotina mudará drasticamente. Uma mulher lhe dá uma linda boneca de presente, e a partir daí, a vida de Elaine vira uma confusão. Depois
dar a mesma boneca para uma vizinha que se muda, ela ganha uma nova de seu namorado, que logo é roubada por bandidos que pensam que ela é a original. De repente começa uma busca atrás da boneca recebida no metrô e todos que se envolvem com ela passam a ser perseguidos. Elaine e seu namorado Vítor se veem lutando contra uma quadrilha em uma corrida infernal. O livro foi publicado em 1989 por Marcos Rey.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade