Cozinha Industrial

O conceito de cozinha industrial vem aos poucos sendo aperfeiçoado, porém, o conceito básico é o fornecimento de refeições prontas. Os clientes englobam desde pessoas físicas com atividades fora do lar até hospitais e empresas dos mais variados portes.

No Brasil, o segmento dos semi-prontos – alimentos frescos para consumo em curto prazo – vem ganhando espaço, criando-se então, um nicho de fornecimento de comida pronta, com empresas oferecendo itens individuais, refeições completas ou por encomenda.

Cozinha Industrial

A estrutura básica de uma cozinha industrial deve conter uma área mínima de 80 metros quadrados. É importante que a estrutura busque maior racionalização para funcionar dentro dos padrões desejáveis de eficiência. Numa situação ideal, são os seguintes os principais setores de um empreendimento deste tipo: Recepção e armazenamento; Preparo prévio; Copa; Confecção; Higienização; Distribuição; e vestiários, sanitários e escritório.
Em uma cozinha industrial, para o seu bom funcionamento, deve haver equipamentos especiais utilizados no preparo dos alimentos. As principais máquinas e equipamentos são: Eletrodomésticos industriais (fogões industriais, máquinas de descascar batatas, moedores de carnes, liquidificadores industriais, extratores de sucos, cafeteiras, refrigeradores ); Utensílios de cozinha (amaciador de bifes, frigideira elétrica basculante, chapa de grelha, balança de médio porte, jogo de talheres de serviço, panelas ); Balcões e mesas; Equipamentos para Escritório (mesas, cadeiras, computadores e fax, calculadoras ); e um veículo utilitário para as entregas.
Quem ainda não necessitou ou solicitou algum serviço semelhante, já deve ir se preparando para contratá-lo, pois a tendência é cada vez mais crescer no mercado esse segmento, que a cada dia que passa vem sendo mais requisitado e aprovado pelo público.

One Response to Cozinha Industrial

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade