Crianças sacrificadas a 600 e 700 anos atrás são encontradas no Peru

No Peru foram encontrados restos de 44 crianças sacrificadas entre 1300 e 1400 D.C por arqueólogos peruanos perto de uma torre funerária pré-incaica do sítio arqueológico de Sillustani, Puno.
“São crianças de até três anos e bebês de ambos os sexos, sacrificados entre 1.300 e 1.400 anos depois de Cristo. Foram enterrados em grupos dentro de cestas funerárias em volta da ‘chullpa’ (torre funerária) chamada lagarto. Seus rostos estão dirigidos para o leste (de donde nasce o sol), e os crânios apresentam-se alargados por um tratamento prévio”, disse Arisaca.
Em cada uma dessas crianças foi encontrado sobre o peito uma pedra de material vulcânico, além de várias oferendas de animais e cerâmicas.
Pelo que foi observado nos ícones dos objetos de cerâmica, os sacrifícios ocorreram num contexto de guerra que ocorria na época.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade