Depois de Lula, Cristina Kirchner também tem câncer diagnosticado.

Aqui no Brasil já apresentaram este ano o diagnóstico de câncer no ex-presidente Lula e no ator Reynaldo Giannechini. Na Argentina, foi diagnosticada a doença também na presidente Cristina Fernández de Kirchner, que está com 58 anos.
Em sua primeira aparição pública após a confirmação do câncer, a presidente argentina não demonstrou tristeza ou desolação, ao contrário, se mostrou bem e com bom humor.
Na primeira semana do ano de 2012 será feita uma operação no hospital Austral para tentar extirpar o tumor que se encontra na tireóide, com previsão de duração de 2 a 3 horas. E, de acordo com uma confirmação dada pelo seu porta voz, Alfredo Scoccimarro, ele está apenas na tiróide, não ocorrendo “metástases”, que seria uma extensão a outros orgãos do corpo.
Kirchner participou de um acordo para refinanciar as dívidas públicas na Casa Rosada ao lado de 17 governadores. Lá, agradeceu ao apoio tanto de seus colegas da região quanto do povo argentino. Inclusive ainda brincou com vice-presidente Amado Boudou.
Ela disse: “Quero dizer que o primeiro que me ligou foi Hugo Chávez.”, pouco antes de afirmar que concorrerá ao cargo de presidente honorária do congresso de líderes recuperados do câncer, ideia do presidente da Venezuela, que também teve a mesma doença.
Cristina Kirchner fez questão de agradecer Sebastián Piñera, Cecilia Morel que é a esposa do presidente do Chile, dos líderes da Colômbia, Juan Manuel Santos, e do Paraguai, Fernando Lugo e da presidente Dilma Rousseff.
Ela recebeu muitos aplausos durante um ato na sede do governo em que participou. O concluiu dizendo: “Espero vê-los muito em breve. Seguirei trabalhando com todo meu comprometimento”
O prefeito de Buenos Aires, Mauricio Macri, comentou aos jornalistas: “Esperemos que tudo saia bem. Desejo uma rápida recuperação para que em breve a tenhamos trabalhando conosco.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade