Dicas para a compra do carrinho de bebê

Na hora de passear com seu bebê, uma mãe sempre busca deixá-lo confortável e seguro, por isso, no caso do transporte em carrinho de passeio, é fundamental que o modelo atenda a esses requisitos. A beleza e os acessórios que os diversos carrinhos de bebê oferecem, às vezes desviam a atenção para outros aspectos mais importantes para o bem-estar da criança. Uma escolha que considere mais do que um design bonito, evita possíveis acidentes e problemas no manuseio do carrinho. Alguns acidentes com as dobradiças causaram o amputamento do dedo de alguns bebês, fato que exigiu a criação de normas técnicas de segurança. O INMETRO se encarregou dessa parte junto à ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), vistoriando produtos nacionais e importados. Veja o que verificar nos carrinhos de bebê na hora da compra:

Rodas – devem ser grandes e resistentes, ficando fora do alcance das crianças. Devem ter freios e travas para evitar deslizamentos. Rodas maiores são boas para terrenos acidentados e as menores para calçadas.

Dobradiças – principal causa de acidentes, não devem ter partes pontiagudas nem ficar ao alcance dos bebês.

Cinco – o melhor é o de 05 pontos de retenção que passa pelas pernas, ombros e quadril.

Para-choques – em torno da área da cabeça, mantém a cabeça do bebê firme para evitar as sacudidas.

Estrutura – apesar de ser mais cara, a de alumínio é mais leve. Para não esquentar e machucar a criança, as partes não devem ficar expostas ao sol.

Alguns detalhes facilitam a vida das mamães: carrinho com cesta de baixo, para serem colocados bolsas e objetos; escudos para sol e chuva e assentos de fácil lavagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade