Dilma Rousseff

Dilma Vana Rousseff, atualmente presidenta do Brasil com mandato iniciado em 1º de janeiro de 2011, nasceu em Belo Horizonte no dia 14 de dezembro de 1947. Seu vice é Michel Temer.
Ela é filha de um engenheiro e poeta búlgaro chamado Pétar Russev que foi naturalizado brasileiro e passou a se chamar Pedro Rousseff e sua mãe foi professora brasileira chamada Dilma Jane Silva.
Em 1964 ela ingressou no Colégio Estadual Central e foi nesse momento que iniciou sua educação política. Neste mesmo ano ela ingressou também na Política Operária (POLOP), oriunda do Partido Socialista Brasileiro, em que militou juntamente com José Anibal.
Sua prisão aconteceu em 16 de janeiro de 1970, em São Paulo. De acordo com o promotor militar responsável por sua acusação, ela seria uma “papisa de subversão”. Foi detida na Oban (Operação Bandeirantes) e torturada. Foi libertada apenas em 1973. Só então, em Porto Alegre, ela cursa a Faculdade de Ciências Econômicas, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
Com o fim do bipartidarismo, ela participou da recriação do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), mas perderam a sigla para o grupo de Ivete Vargas. Então participou da fundação do Partido Democrático Trabalhista (PDT). Em 1980, Dilma se tornou assessora da bancada do PDT na assembleia legislativa do Rio Grande do Sul.

 

Dilma Rousseff
Ela ocupou os cargos de secretária da Fazenda da Prefeitura de Porto Alegre de 1986 a 1989, presidente da Fundação de Economia e Estatística do Estado do Rio Grande do Sul de 1991 a 1993 e secretária de estado de Energia, Minas e Comunicações em dois governos: Alceu Collares (PDT) e Olívio Dutra (PT).
Sendo ministra de Minas e Energia, ela recebeu o apoio de dois dos principais ministros do governo Lula: Antonio Palocci e José Dirceu, mas se afastou do cargo logo que surgiu o escândalo do mensalão. Lula, porém, a chamou para se tornar Chefe da Casa Civil.
Em abril de 2007 ela era apontada como candidata a presidência da República. Lula começou a expor Dilma para averiguar se ela realmente tinha potencial para a candidatura. A candidatura foi firmada apenas em 13 de junho de 2010 numa convenção do Partido dos Trabalhadores em Brasília – DF. Sua vitória aconteceu no segundo turno com 56,05% dos votos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade