Filme gato de botas

O gato de botas é um famoso conto infantil, mas nem todos sabem a origem do conto. Vamos contar a historia desse fofíssimo gato com olhos encantadores e enorme astucia e persuasão.
Há muito tempo atrás um moleiro morreu e deixou uma “herança” para seus três filhos que viviam com ele. Para o mais velho ele deixou um moinho, para o filho do meio um burro e para o filho mais novo um gato. O mais velho tornou-se moleiro assim como o pai, o filho do meio tratou de pensar em uma maneira para fazer dinheiro com o burro e o filho mais novo começou a chorar, pois achava que o que tinha herdado de seu pai era injusto e nada poderia fazer para sobreviver.
O gato, vendo o desespero de seu dono, aproximou-se e disse Não te preocupes. Arranja-me uma capa, um chapéu com umas belas plumas e um par de botas novas. Do resto trato eu.”
o garoto ficou assustado e estranhou, mas obedeceu o gato. No dia seguinte,o gato começou a por em pratica seu plano e foi caçar, assim que conseguiu um coelho, o gato correu para o castelo para oferecer o coelho ao rei. Ao chegar no castelo, o gato disse ao rei “Isto é um presente do meu amo, o marquês de Carabas!”

 

Filme gato de botas

Filme gato de botas

O gato fez isso durante sete dias seguidos, a cada dia ele apresentava-se ao rei com novos presentes.
No castelo, todos estavam curiosos para saber quem era o marques de Carabas, que estava sendo tão generoso e enviando sempre presentes. A curiosidade era tanta que a rainha um dia pediu para conhecer o “marques”. O gato rapidamente respondeu que o marques de Carabas teria muita honra em convidar o rei e a rainha para visitar seu castelo. Quando soube o que o gato disse, o menino ficou aflito, pois sabia que não tinha castelo e era pobre e seria descoberto. Mas novamente o gato disse ao menino para não se preocupar, pois ele acharia um jeito. Então gato disse “Amanhã irás tomar um banho ao rio.”
“Mas não sei nadar”, lamentou o menino.
“Não faz mal”, respondeu o gato, “confia em mim!”
O gato sabia que no dia seguinte o rainha e o rei iam passear na sua carruagem junto ao rio. Então ele e o menino foram ao rio, e o gato esperou até que a rainha e o rei se aproximassem com sua carruagem e então atirou o menino à água e gritou: “Socorro! Socorro! O meu patrão, o marquês de Carabas, está a afogar-se!”
O rei então reconhecendo o gato e vendo a situação ordenou aos seus criados que salvassem o marquês. Depois ordenou que dessem roupas secas e luxuosas e disse ao menino que ele e a rainha gostariam de visitar o seu castelo. O menino começou a chora após o rei ir embora, pois pensava que tinha sido descoberto, mas novamente o gato disse ao menino para ele ficar tranqüilo, pois roupas novas ele já tinha e agora faltava somente encontrar um castelo.
Rapidamente o gato correu para o castelo do ogre.
“Diz-me uma coisa, ogre, é verdade que estás a perder poderes?”, perguntou o gato já com um plano em mente.
“Diz-se por aí que consegues transformar-te em animais enormes, mas em animais pequenininhos, não.”
“Já vais ver!”, respondeu o ogre ofendido. Assim o ogre transformou-se num pequeno ratinho, que o gato engoliu de uma só vez! Com o caminho livre, o gato apoderou-se do castelo do ogre, e levou o seu dono para preparar o castelo e convidou o rei e a rainha para jantar.
O rei e a rainha aceitaram o convite e levaram consigo a princesa, uma bela mulher por quem o filho do moleiro logo se apaixonou.
O rei e a rainha organizaram um baile maravilhoso para festejar o casamento.
A partir de então, graças ao gato das botas, todos viveram felizes para sempre.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade