Frases de Carminha em Avenida Brasil

Desde a sua primeira aparição na novela “Avenida Brasil”, a megera Carminha (Adriana Esteves) deu muito o que falar e continua sendo o assunto do momento quando se fala em televisão. A cada capítulo, conhecemos mais um pouco da
personalidade dessa personagem, que sem sombra de dúvida, é uma das vilãs mais marcantes de novelas. Apesar das maldades que faz, Carminha conseguiu ganha a simpatia de alguns telespectadores, que gostam de seu jeito irreverente e sentem
pena de seu passado infeliz. Ela pode ser cruel, mas também pode ser engraçada, e é essa sarcasmo que vive sendo disparado contra todos que cruzam seu caminho. As frases de Carminha causam bastante impacto e estão circulando na internet divertindo
muita gente. Acompanhe o que já foi dito pela vilã:

“Não quero muito da vida não. Eu quero é tudo”.

“A vida é uma guerra: é você ou ela”.

“Todo homem é um otário em potencial. Menos você, claro, meu amor” (em conversa com Max).

“Sua mãe morreu! Está morta e enterrada debaixo da terra, sacou, peste?! As minhocas já comeram o corpo dela! Agora tem eu aqui, a mulher do seu pai” (discutindo com Rita, ainda criança).

 

Frases de Carminha em Avenida Brasil

“Quando eles chegarem, cadê a Nina que tava aqui? Carminha comeu!”

“Eu mandei você jogar a Rita no lixo e ela voltou como Nina. É essa porcaria de reciclagem, né? A gente joga uma coisa fora e, na hora que vê, a coisa volta anos depois reciclada em outra porcaria” (em conversa com Max).

“Se ela é serpente, eu sou jiboia! Eu quero abocanhar aquela desgraçada e engolir ela viva”.

“Sabe o que você tá parecendo? Uma bisnaga de padaria dentro de um saco de papel” (se referindo a Ágata).

“Meu amor, qual a melhor forma de botar a mão numa grana preta nesse país? Política, meu bem” (em conversa com Max ao decidir se candidatar a vereadora).

“É ruim de baleia se afogar, hein“ (dita para Ágata após ela reclamar que iria se afogar por tanto esforço na aula de natação)

“Promete uma coisa, Max. Se eu for baleada, tira o boné? Era só o que me faltava, morrer e ainda aparecer na capa dos jornais de boné”.

“Pega uma sacolinha de plástico. Pobre sempre tá carregando uma sacolinha”, (Sugestão para Max durante a fuga do cativeiro).

“Para de adubar o mundo com essa sua boca” (em briga com Max).

“O que eu fiz? Matei, ué. Mateeei!!! Morreu!”. Enganei a boba na casca do ovo! Ha- ha! Matei nada! Tua ratinha tá lá! Ela deve ter perdido uns bigodinhos, mas tá lá (se referindo a Rina em conversa com Lucinda).Tomou susto, né, velha? Dei susto emduas hoje, hein, Lúcio. Tô bem!”

“Deus tem que saber alguma coisa? Quem tinha que saber era eu!” (frase de Carminha ao ser questionada por Lucinda sobre o que aconteceu com Nina)

“A vida é um lixo! Não existe lealdade, não existe amor…amor…isso é coisa de cinema, de novela… pra ganhar dinheiro!”. O ser humano é uma coisa que deu errado!”.

 

One Response to Frases de Carminha em Avenida Brasil

  • ancha says:

    ta mais do que angracado adoro as maldades da carminha ela e muito malvada do seu jeito de ser na novela nu sei na vida real do seu cotidiano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade