Frases de Kurt Cobain

  • “Eu nunca quis cantar. Eu só queria ficar tocando guitarra no fundo do palco.”
  • “Não entendo essa gente querendo me pegar, me olhar, me assistir o tempo todo. Eu estou de saco cheio. Vou mudar de profissão, não vou aguentar isso a minha vida inteira.”
  • “Se meus olhos mostrassem a minha alma, todos, ao me verem sorrir, chorariam comigo.”
  • “Não quero que minha filha cresça e que seja perturbada na escola pelas outras crianças. Não quero que digam a ela que ela tem pais drogados.”
  • “Eu tenho a responsabilidade de falar negativamente sobre a heroína. É realmente uma coisa diabólica. É algo ligado com o Satã.”
  • “Eu não consigo imaginar alguém que possa começar uma banda apenas para se tornar famoso, parecer legal e ganhar garotas.”
  • “Eu não sou gay, embora desejasse que o fosse, só para lixar com todos os homofóbicos.”
  • “Não nos sentimos bem com esse tipo de progresso, tocando em lugares cada vez maiores. Se tínhamos algum objetivo, ficou para trás há algum tempo.”
  • “Eu não tenho absolutamente nenhum direito de expressar a minha opinião até que eu conheça todas as respostas.”
  • “Estamos tão na moda, não podemos sequer escapar de nós mesmos.”
  • “Eu realmente nunca tive aquela excitação de vida. Há muitas coisas que eu desejava ter feito em vez de ficar apenas sentado, me queixando por ter uma vida aborrecida.”
  • “Eu sou um cara muito mais feliz do que muita gente pensa que eu sou.”
  • “Pensam que eu sou um chato, uma espécie de maluco esquizofrênico que quer se matar o tempo inteiro.”
  • “Concordo em tocar em lugares grandes, onde o som seja pelo menos razoável. Porém, ao ar livre, o vento leva a música para longe, tanto que não parece que está fazendo a música, mas apenas dublando.”
  • “Courtney é mais forte do que eu.”
  • “A música vem em primeiro. As letras são secundárias… A maioria das minhas letras são contraditórias. Eu escrevo algumas linhas sinceras e depois eu tento fazer outras divertidas. Eu não gosto de as fazer tão obvias porque se forem demasiado obvias fica noutra escala… Não digo que tenha de ser realmente enigmático ou misterioso mas eu apenas penso que as letras que são diferentes e estranhas fazem um retrato agradável. É apenas a maneira como eu gosto da arte.”
  • “Seria legal começar a tocar guitarra acústica e ser encarado mais como um cantor e compositor, em vez de um roqueiro grunge.”
  • “Quase todos que experimentam drogas pesadas, ou seja, heroína e cocaína, acabarão se tornando escravos dessas substâncias. Eu me lembro de alguém ter dito: ‘se você experimentar heroína uma vez, ficará viciado’. É claro que eu dei risada e zombei da idéia, mas agora acredito que isto seja a pura verdade.”
  • “Nós temos 100% de controle sobre nossas músicas. O que faz um disco bom são as canções, e se não conseguimos gravá-las do jeito que queremos, não lançamos o disco.”
  • “Vandalismo: tão bonito quanto pedra na cara de um guarda.” (escrito na guitarra)
  • “Estupro é um dos crimes mais terríveis da Terra. O problema dos grupos que lidam com o estupro é que eles tentam ensinar às mulheres como se defenderem. Enquanto que o que precisa ser feito é ensinar aos homens a não estuprarem.”
  • “Depois de uma hora de conversa acham que podem fazer uma avaliação de nossa personalidade. Por terem as credenciais acham que podem fazer esse tipo de coisa, deveriam ser psiquiatras e não jornalistas.”
  • “Todas as drogas são perda de tempo. Elas destroem sua memória, seu respeito e tudo que vem com a auto-estima, descobri que elas são uma perda de tempo.”
  • “Gostamos de achar que nossa música é liberdade musical.”
  • “Não gostamos de coisas óbvias, se é óbvio não tem graça.“
  • “Nos últimos cinco anos eu desejei a morte todos os dias. Ás vezes cheguei bem perto.”
  • “Muitos dos novos fãs são pessoas que não entendem nada do que é música underground. Eu não posso esperar que todos entendam a mensagem que estou passando.”
  • “Eu não posso dizer o quanto meu comportamento mudou depois que minha filha nasceu. Mudei porque não queria que minha filha crescesse com as pessoas falando que seus pais são viciados.”
  • “Sei que há uma guerra entre os garotos no ginásio, os que gostam de Nirvana contra os que gostam de Guns N’Roses. É legal! Fico feliz de estar envolvido nisso, porque quando eu estava no ginásio, me vestia como punk e as pessoas me xingavam de “devo”, pois era a única referência que eles tinham.”
  • “Eu esperava que Nevermind fosse vender legal nas primeiras duas semanas e só. Quando percebi que estávamos na MTV, suspeitei que venderia bem mais.”
  • Até quando eu serei capaz de gritar até arrebentar os pulmões toda a noite durante um ano inteiro de turnê?
  • “Nós somos o Nirvana e particularmente não gostamos de Heavy Metal.”
  • “Se você me odeia, entra na fila, ok? Se você me ama, pensa bem. Talvez eu não mereça.”
  • “Sou o pior no que faço de melhor. E por este presente eu me sinto abençoado.”
  • “A cada dia todos nós passamos pelo céu e pelo inferno!”
  • “Existe o bom em todos nós e acho que eu simplesmente amo as pessoas demais, tanto que chego a me sentir mal.”
  • “Não tenho mais a paixão, então lembrem-se –  é melhor queimar do que se apagar aos poucos.”
  • “As maiores loucuras são as mais sensatas alegrias, pois tudo que fizermos hoje ficará na memória daqueles que um dia sonharão em ser como nós: Loucos, porém, FELIZES…”
  • “O pior crime que posso imaginar seria enganar as pessoas, sendo falso e fingindo que estou me divertindo cem por cento.”
  • “Palavras são vidas em pedaços.”
  • “Quando eu era alienado culturas não eram opiniões.”
  • “Agora é hora de deixar as coisas confusas para escrever linhas que não façam sentido.”
  • “Por aquilo de que me consigo lembrar, os primeiros anos da minha vida foram anos muito felizes. Quando tinha nove anos, os meus pais separaram-se. Lembro-me de sentir vergonha disso sem saber explicar bem porquê. Não conseguia olhar de frente para alguns dos meus amigos na escola. Desejava desesperadamente ter uma familia clássica, típica, com pai e mãe, desejava essa segurança. Durante alguns anos custou-me muito a perdoar isso aos meus pais…
  • “Depois do divórcio dos meus pais, de repente tudo ficou preto para mim, vivia sempre em depressão. Ia para a cama e passava horas e horas acordado, gritando dentro da minha cabeça, ou então, continha a respiração o mais que podia porque queria que a cabeça estourasse… Daí a pouco, a depressão dava lugar a uma raiva surda…”.
  • “A única coisa que me reconcilia com o mundo é dormir. Adoro dormir, considero-o um dos poucos prazeres da vida. Ás vezes adormeço enquanto como ou se me encontro numa situação aborrecida, o que me acontece frequentemente… Preferia viver num eterno estado de letargia… Sinto há muitos anos que não tenho mais nada para dizer e as conversas de chacha aborrecem-me de morte, é muito melhor dormir e acordar só quando vale realmente a pena.”
  • “Certo dia arranjei uma guitarra elétrica e comecei a compor temas meus, até porque não tinha nenhuma intenção de perder tempo a tocar versões dos Van Halen: queria tentar desenvolver um estilo pessoal, queria começara exprimir-me na primeira pessoa.”
  • “Na capa de Bleach, o meu nome aparecia escrito como “Kurdt Kobain” devido a uma escolha precisa: vivia em pleno a época punk e desprezava o “personalismo” típico das estrelas do rock. Queria permanecer anónimo, a minha música falaria por mim. Queria fazer como Black Francis: ele mudou tantas vezes de nome que ninguém sabe realmente como se chama… Da mesma maneira, queria que ninguém soubesse o meu verdadeiro nome e, assim, quando quisesse, poderia voltar a ser um Kurt Cobain qualquer, um cidadão normal, capaz de deixar atrás de si a sua experiência musical.”
  • “Se pudesse recomeçar de novo, voltaria a fazer tudo aquilo que fiz com os Nirvana só que com duas diferenças: em primeiro lugar, não seria o cantor que vai à frente; em segundo, já não me arriscaria a ser o guitarrista solista… O meu sonho seria poder exercer a função de guitarrista rítmico, bem escondido na segunda linha, porque ninguém parece perceber quanto é duro gritar sempre a plenos pulmões e tocar os solos de guitarra.”
  • “Estou farto de ser considerado uma estrela de rock de merda só porque as minhas canções agradaram a tanta gente: daqui em diante, se isso servir para me restituir um pouco de liberdade, sentir-me-ei no dever de escrever somente canções de merda!”.
  • “Prefiro ser odiado por quem sou do que ser amado por quem não sou”
  • “Se o Rock N’ Roll for ilegal, pode me jogar na cadeia”
  • “Quando escrevo uma canção a letra é o menos importante!”
  • “O amigo autêntico é aquele que sabe tudo sobre ti e continua a ser teu amigo.”

One Response to Frases de Kurt Cobain

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade