Insuficiência Renal: O melhor é se prevenir

O rim é um órgão muito importante para o corpo humano, pois tem as seguintes funções:

– Filtrar o sangue (ureia e ácido úrico), removendo os resíduos tóxicos produzidos nos tecidos do corpo, sais e outras substâncias que estejam presentes em quantidades excessivas;

– Produzir hormônios responsáveis pelo controle de pressão arterial e pela produção e liberação de glóbulos vermelhos pela medula óssea, evitando a anemia;

– Eliminar o excesso de água e de sais no corpo em forma de urina, mantendo o balanço adequado de líquidos no organismo e evitando o inchaço.

O problema é que os rins podem ser lesados por certas doenças e situações, que impedem seu funcionamento correto e causa graves danos à saúde. Algumas dessas doenças são as nefrites, o diabete, a hipertensão arterial, infecções urinárias, obstruções das vias urinárias e as hereditárias. A interferência que compromete a função renal é chamada de insuficiência renal.

Insuficiência Renal Aguda (IRA)

É causada pela perda abrupta de água (desidratação), sangue (hemorragia) ou plasma (queimaduras), que reduzem ao mínimo a formação de urina e dificultam sua saída. Outros causas são doenças do coração (infarto), queda de pressão ou substâncias tóxicas ingeridas, que diminuem a força da filtração.

Insuficiência Renal Crônica (IRC)

Quando estão avançadas, muitas doenças renais tornam-se progressivas, aumentando os danos aos rins cada vez que se manifestam, chegando a um estágio em que há perda irreversível de suas funções. Esse é o caso da insuficiência renal crônica, que é comprovada através de exames laboratoriais. Dosagens elevadas de uréia, ácido úrico e creatinina no sangue apontam um rim doente. A urina é de baixa densidade e sempre de cor clara, e é comum que o paciente tenha uma anemia constante de difícil tratamento. A pele fica amarelada, e quando a lesão renal é superior a 50% da massa renal, surge hipertensão arterial.

Tratamento

Medicamentos, Hemodiálise, Diálise e em casos mais graves, transplante de rins. O melhor é se prevenir, bebendo muita água (cerca de 2 litros por dia).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade