Ipê – Amarelo

O Ipê-Amarelo é considerado a mais bela árvore brasileira e é uma das mais cultivadas no país, utilizada principalmente em projetos de paisagismo. É rara, mas pode ser encontrada em quase todo o território nacional, florescendo no final do inverno e início da primavera. Nesse período, ela fica coberta de flores de cor amarelo-ouro, que enfeitam as ruas com seu colorido e atraem abelhas e pássaros. Os beija-flores são os agentes polinizadores predominantes. Durante o inverno, as folhas caem e a árvore fica completamente despida.

O tamanho médio de um Ipê-Amarelo é 30 metros de altura. Ele cresce em ambientes abertos com incidência de luz direta e geralmente é encontrado em florestas tropicais. Também aparece no Cerrado e na Caatinga, sendo um símbolo do estado do Alagoas decretado pelo governo. Os climas adequados para o crescimento da planta são o tropical, subtropical úmido, subtropical de altitude e temperado.

A palavra ipê tem origem tupi e significa árvore cascuda. Apresenta-se em “subespécies” semelhantes com flores amarelas, brancas, roxas e lilás. Os frutos têm o formato de uma vagem e a entrecasca possui propriedades terapêuticas como diurético e adstringente, usada no tratamento de garganta e estomatites. As flores são melíferas e podem ser utilizadas na alimentação humana quando estão maduras.

A madeira produzida pelas árvores dessa espécie (Tabebuia Alba) tem cerne escuro e é pesada e resistente, utilizada na fabricação de dormentes, moirões, pontes, postes, eixos de roda, varais de carroça, moendas de cana, etc.

O Ipê-Amarelo varia de nome em cada região.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade