J.R.R. TOLKIEN – O “Pai da literatura fantástica”

Hoje comemora-se o aniversário de nascimento de um dos melhores escritores de ficção de todos os tempos: J. R.R. Tolkien. Nascido em 3 de janeiro de 1892, em Bloemfontein – África do Sul, Sir John Ronald Reuel Tolkien influenciou toda uma geração com suas histórias fantásticas repletas de personagens, cenários e mundos complexos. Além de escritor, Tolkien era professor universitário de anglo-saxão e Literatura Inglesa na Universidade de Oxford e filólogo.
Aoa três anos de idade, mudou-se para a Inglaterra com a mãe e o irmão para passar uma temporada, mas devido à morte repentina do pai na África, permaneceram no país. De família anglicana, converteu-se ao Catolicismo após a morte da mãe. Depois disso, junto com o irmão, passou a ser criado por um padre jesuíta. As experiências com contos de fadas na infância e o contato com línguas antigas e modernas (grego, latim , finlandês) na convivência com o padre, inspiraram o escritor a colocar diversos elementos em suas obras (entre eles a criação do idioma élfico).
Em 1916 casou-se com Edith Bratt, com quem teve quatro filhos: John Francis Reuel Tolkien (1917–2003), Michael Hilary Reuel Tolkien (1920-1984), Christopher John Reuel Tolkien (1924-) e Priscilla Anne Reuel Tolkien (1929-). Foi convocado e lutou na Primeira Guerra Mundial, onde começou a escrever os primeiros rascunhos do que se tornaria o seu “mundo secundário” complexo e cheio de vida, denominado Arda, palco das mundialmente famosas obras O Hobbit, O Senhor dos Anéis e O Silmarillion, esta última, sua maior paixão, que, postumamente publicada, é considerada sua principal obra, embora não a mais famosa.
A idéia de escrever o seu primeiro grande sucesso, O Hobbit, surgiu a partir de uma frase escrita em um papel. Em 1928, enquanto examinava documentos de alunos que queriam ingressar na Universidade, Tolkien percebeu que um dos alunos deixou uma das páginas em branco e simplesmente escreveu na folha: “Num buraco no chão vivia um hobbit”, sem saber o porquê. Assim inciou-se a história, que só foi publicada em 1937, após o encorajamento de uma bacharel de Oxford que se encantou com a história. A saga do hobbit Bilbo na companhia do Mago Gandalf e mais treze anões fez muito sucesso, o que levou Tolkien a continuar a saga com a obra que o tornaria um dos mais conceituados escritores de todos os tempos: a trilogia O Senhor dos Anéis. A Terra Média volta a entrar em cena, rodeada de seres fantásticos – elfos, anões, orcs, trolls –  em um relato da jornada contras as forças do mal, influenciadas pelo poder de um anel. Para a salvação de todos, o anel precisa ser destruído e assim forma-se um exército de raças para lutar na Guerra do Anel. O encarregado de destruir o anel, Frodo Bolseiro é sobrinho de Bilbo, protagonista de O Hobbitt. Em 1954, foram publicados os dois primeiros volumes (A Sociedade do Anel e As Duas Torres). Em 1955 foi publicado o terceiro e último volume (O Retorno do Rei).
J.R.R. Tolkien também publicou outros livros. Faleceu aos 81 anos de idade no dia 2 de setembro de 1973, na Inglaterra. O universo fantástico criado por Tolkien marcou para sempre a história da literatura e influenciou o mundo das artes, cinema e música, sendo imortalizado pelas gerações.
“[Criei] um Mundo Secundário no qual sua mente pode entrar. Dentro dele, tudo o que ele relatar é “verdade”: está de acordo com as leis daquele mundo. Portanto, acreditamos enquanto estamos, por assim dizer, do lado de dentro.” J.R.R.Tolkien.
Principais obras publicadas:
O Hobbit
O Senhor dos Anéis ( A trilogia, A sociedade do anel, As duas torres e o Retorno do rei)
O Silmarillion
Contos Inacabados
Mestre Gil de Ham
Roverandom
As Aventuras de Tom Bombadil
Sobre Histórias de Fadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade