Micose: Principais tipos da doença causada por fungos

Primeiramente é importante sabermos o que são os fungos. Eles são seres vivos fundamentais para manter o equilíbrio da natureza, com o fim de decompor a matéria orgânica. Eles ainda podem ser utilizados na produção de alimentos, medicamentos e bebidas.
Num primeiro momento, olhando para os seus benefícios, algumas pessoas podem achar que eles são seres maravilhosos e que só temos a ganhar com ele. Mas os fungos também podem se tornar parasitas e causar doenças nos demais seres vivos.
Ao todo, a ciência constata que existem cerca de 100 espécies de fungos causadores de doenças nos seres humanos. A essas infecções causadas por eles damos o nome de micoses.
A frieira ou pé de atleta é uma das doenças causadas por fungos mais conhecidas. Ela surge em partes úmidas de nosso corpo como virilha, mãos e pés e os principais sintomas são fissuras, descamações e feridas, o que causa muita coceira.
A impigem é outro tipo de micose e atinge a pele de forma superficial. Ela forma algumas lesões arredondadas que causam coceira e a pele fica com bordas vermelhas.
Os unheiros, como o nome já sugere, são micoses localizadas nas unhas e formam manchas brancas e deformações. A região ao redor da unha tende há ficar um pouco dolorida, inchada e vermelha, além de ter o risco de inflamar.
Outra micose é a que conhecemos como pano branco e é conhecida assim por formar manchas claras na pele, principalmente nas regiões do tronco, rosto, pescoço e braços.
A candidíase, que geralmente ocorre na região genital também é um tipo de micose, devido ocorrer por causa de fungos. Os sintomas são coceira e vermelhidão na área afetada.
O sapinho é causado por fungos e são comuns em bebês e crianças. O principal sintoma é facilmente identificado, com vários pontinhos brancos na mucosa.
Os fungos também podem atacar órgãos internos do nosso corpo como os pulmões, que causam a histoplasmose.
Procure manter bons hábitos de higiene para ficar longe das micoses e para que você que já sofre com alguma delas procure tratar de forma adequada para se curar o quanto antes e ficar livre dos fungos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade