Natação para bebês

A natação é uma atividade praticada por lazer ou por necessidade, devido aos benefícios que ela traz à saúde. É indicada para várias faixas etárias, inclusive para bebês, mas muitos pais ficam com dúvidas quanto à segurança e eficácia da natação para os pequenos. Pois eles podem ficar tranquilos, pois os benefícios para os bebês são maiores do que para os adultos – quanto mais cedo eles começarem as aulas, melhor. Geralmente, a idade mínima recomendada para essa atividade é de 6 meses, porém, alguns especialistas recomendam 1 ano de idade. Para ajudar a esclarecer o assunto, colocamos algumas informações importantes.

Alguns dos benefícios da natação para os bebês: melhora da coordenação motora; aumento da resistência cardiorrespiratória e muscular, prevenindo outras doenças respiratórias; noções de espaço e tempo; preparo psicológico e neurológico para o autosalvamento; estímulo de apetite; tranquilização do sono.

Aprendizagem
O desenvolvimento de uma criança depende de fatores biológicos e de condições do ambiente, por isso, se desenvolve com mais facilidade começando uma atividade cedo. A natação trabalha com os órgãos sensoriais do bebê, que já é adaptado ao meio líquido desde a gestação e é capaz de executar movimentos natatórios, demonstrando reflexos comuns dessa fase. É essencial que os pais participem das aulas junto de seus filhos para transmitir segurança e afeto para eles. Depois que a criança completa 4 anos de idade, ela já está preparada para ficar sozinha na piscina com o professor e outros colegas.

Natação para bebês

 

Possíveis problemas
Um dos temores dos pais é que os bebês desenvolvam problemas no ouvido após iniciarem atividades na água. Isso só acontece quando a piscina não está bem tratada. O cloro deve ter pH neutro pouco concentrado, a água deve estar na temperatura ideal
(morna em torno de 26º C) e ouvido deve ser bem enxugado para evitar bactérias atraídas pela umidade. Se preferir, você pode colocar um tampão moldável no ouvido do bebê. Se a criança tem alergia ao cloro, procure uma piscina que seja tratada com
sal ou ozônio.

Escola
Na hora de procurar uma escolinha de natação, primeiramente conheça a proposta de trabalho da empresa e metodologia do professor. Certifique se os profissionais são formados e registrados no Conselho Regional de Educação Física (CREF).
Durante as aulas, interaja com seu bebê para ele se acostumar com o ambiente, mas deixe-focado no professor.
Procure não perder muitas aulas para não atrapalhar a evolução do aprendizado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade