Orquídeas – Lindas Plantas

As orquídeas são plantas populares no Brasil, fáceis de cuidar e muito procuradas para uso ornamental. Há uma grande variedade delas por aqui porque se desenvolvem muito bem em regiões de clima tropical e pertencem à família das orquidáceas, uma das maiores famílias de plantas existentes. Existem mais de mil gêneros e cerca de 30 mil espécies de orquídeas espalhadas pelo mundo! Coloridas e perfumadas, podem ser cultivadas em casa, usadas como enfeite ou presente. Elas têm várias formas de reprodução e quando bem cuidadas, duram por muito tempo.

Cada espécie tem um formato e combinações de cores diferentes e são encontradas

Nas matas, florestas e orquidários. O cultivo de orquídeas é uma arte chamada

Orquedofilia, que é difundida em exposições e sites pelos orquidófilos (criadores), que expõem suas flores e dão dicas de como cuidar delas.

As espécies mais populares são:

Originárias da Europa: Ophrys, Orchis, Cypripedium.

Originárias da Oceania e Ásia: Dendrobium, Phalaenopsis, Cymbidium, Paphiopedilum, Vanda, Coelogyne, Eria.

Originárias da África: Disa, Angraecum, Aerangis.

Originárias da América: Laelia, Oncidium, Cattleya, Epidendrum, Brassia, Sophronitis, Miltonia, Pleurothallis, Lycaste, Maxillaria, Phragmipedium, Encyclia, Brassavola.

 

Orquídeas - Lindas Plantas

Espécie mais adequada de acordo com a região do Brasil:

Sul – Aspásia (Aspasia lunata)

Centro-Oeste – Encíclia (Encyclia)

Sudeste – Cimbídium (Cymbidium)

Nordeste – Cirtopódium (Cyrtopodium)

Norte – Cocheleantes (Cochleanthes amazonica)

Todo o Brasil – Catleia (Cattleya), Chuva-de-ouro (Oncidium) e Falenópsis (Phalaenopsis).

As orquídeas crescem bem tanto em ambientes internos quanto em externos. Dentro de casa, coloque os vasinhos no parapeito das janelas, e no quintal não coloque diretamente no chão, pois atrai lesmas. Não coloque pratos embaixo dos vasos, pois a água parada nas raízes fica desagradável para a planta. As flores também não devem ser regadas quando floridas, pois atraem fungos, pulgões e bactérias.

Cultivo

O solo ideal é composto por substrato, uma mistura de carvão, casca de coco e tronco de árvore, vendida em floriculturas. Apenas espécies epífitas como falenópsis e chuva-de-ouro devem ser amarradas em árvores, que dá suporte a elas. Analise o substrato (terrinha) pra saber se ele está seco o suficiente pra receber água. Borrifando sua orquídea uma vez por mês com adubo NPK 20-20-20, ela pegará menos doenças e dará flores maiores e mais bonitas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade