Papa João Paulo II

Hoje Beato, o Papa João Paulo II, nascido como Karol Józef Wojtyla, nasceu em 18 de maio de 1920 em Wadowice, na Polônia. Seu exercício de Papa se iniciou em 16 de outubro de 1978 e durou até sua morte em 2 de abril de 2005, sendo sucedido pelo Papa Bento XVI.
Durante seu pontificado ele visitou 129 países, sendo um dos líderes que mais viajou na história. Graças a ele as relações entre a Igreja Católica e outras religiões como o judaísmo, o islã, a igreja ortodoxa e muitas outras melhorou.
Ele foi muito criticado por ser contra a ordenação de mulheres, a contracepção e seu apoio ao Concílio Vaticano II. Dentro de sua trajetória existem muitos pontos a serem levados em consideração. Suas frases que marcaram época são parte da herança que ele deixou aos católicos de todo mundo.
“Toda a vocação sacerdotal é um grande mistério, um dom que supera infinitamente o homem.”
“Não terá paz na Terra enquanto perdurem as opressões dos povos, as injustiças e os desequilíbrios econômicos que ainda existem.”
“Até que aqueles que ocupam postos de responsabilidade não aceitem questionar-se com valentia seu modo de administrar o poder e de tentar o bem-estar de seus povos, será difícil imaginar que se possa progredir verdadeiramente para a paz.”

 

Papa João Paulo II

Papa João Paulo II

“A paz exige quatro condições essenciais: verdade, justiça, amor e liberdade.”
“A violência jamais resolve os conflitos, nem sequer diminui suas consequências dramáticas.”
“Quando o cristianismo se converte em instrumento do nacionalismo, fica ferido em seu coração e se converte em estéril.”
“O desenvolvimento é o novo nome da paz.”
“A espiral da violência só a freia o milagre do perdão.”
“Deus se deixa questionar pelo humilde e recusa a arrogância do orgulhoso.”
“A Igreja é a carícia do amor de Deus ao mundo.”

 

One Response to Papa João Paulo II

  • Anguie says:

    Em Portugal, da maneira que o paeds este1, quluqaer dia a queste3o sere1 saber quem se3o os vizinhos cujos filhos ne3o passam fome…Quanto ao Papa, he1 muita informae7e3o e contra-informae7e3o a circular. De quluqaer modo, o homem ne3o me representa, pelo que o assunto ne3o me tira o sono. Para ficar chocado com este Papa ou outro quluqaer, bastar-me-ia pensar no fausto em que vive o representante duma Igreja que apregoa estar ao lado dos mais fracos e oprimidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade