Roxette – Biografia

Com mais de 20 anos de carreira, Roxette consegue envolver o público com suas canções do mesmo modo que antigamente. Conhecida por suas baladas românticas, a dupla sueca formada por Marie Fredriksson e Per Gessle conseguiu se manter no inconstante cenário pop, sendo apreciada por várias gerações. A grave doença que Marie enfrentou reforçou esse elo com os fãs e mostrou a força de sua música. É uma bela história em uma grande carreira.

Marie Fredriksson e Per Gessle se conheceram no final dos anos 70, mas só se uniram musicalmente em 1986. Pete tinha um grupo pop e Marie Cantava sozinha, e quando se sentiram seguros para tentar, formaram um dueto. Utilizando algumas músicas que seriam do álbum de Pete, o Roxette grava o single “Neverending Love”, que se torna hit do verão na Suécia. No ano seguinte, começam a tocar em festivais e lançam o single de Natal “It Must Have Been Love (Christmas For The Broken Hearted)”, que domina as ondas de rádio suecas.

Em 1988 sai o segundo álbum “Look Sharp!”, cujos singles só chegam aos EUA aos poucos através das rádios. “The Look” e “Listen To Your Heart” viram hits em vários países. Em 1990, “It Must Have Been Love” é reescrita sem a referência de Natal e passa a compor a trilha sonora do filme “Uma Linda Mulher” (Pretty Woman), com Julia Roberts e Richard Gere, fazendo disparar o sucesso do Roxette.

Para divulgar o álbum seguinte, Joyride, lançado em 1991, é iniciada uma longa turnê mundial. No ano seguinte, o quarto álbum, chamado “Tourism”, apresenta o hit “How Do You Do!” e Marie aproveita pra lançar mais um CD solo.

Em 1993 o Roxette toca no “MTV Unplugged”, sendo a única banda que participa sem ter o inglês como língua oficial.

“Crash! Boom! Bang!”, o quinto álbum, sai em 1994 é começa uma nova turnê mundial. Os singles de sucesso são “Sleeping In My Car”, “Run To You”, “Fireworks” e a faixa-título.

Em 1999, o novo single “Wish I Could Fly” estreia com sucesso e em seguida é lançado o sexto álbum, Have A Nice Day”. “Anyone”, “Stars” e “Salvation” são as faixas de destaque.

Em 2001 surge um álbum mais leve chamado “Room Service”, que inclui ” The Centre Of The Heart ” meio regravada e a balada “Milk and Toast and Honey”.

Depois de algumas coletâneas, turnês e álbuns comemorativos, o Roxette passa por um grave problema em 2002: Marie passa mal e é diagnosticada com um tumor cerebral. Ela é operada e só consegue gravar um single, o “Opportunity Nox”, da compilação “The Pop Hits”.

Nos anos seguintes, a dupla se concentra em suas carreiras paralelas enquanto Marie se recupera. Em 2009, ela se junta a Pet para uma apresentação especial em Amsterdã e emociona todos os fãs. Não demora muito pra surgir uma nova turnê de aniversário.

Em 2011 finalmente fica pronto o oitavo álbum do Roxette. Charm School foi bem sucedido e divulgado em uma turnê, que incluiu o Brasil. Em 2012 foi lançado o álbum “Travelling”, e a banda voltou para fazer mais shows no Brasil.

E o Roxette continua. Marie está evoluindo bastante. Os médicos consideram um milagre ela estar viva, pois as chances de sobrevivência para o seu caso eram de 20%. Foi um presente para ela e para os fãs.

O Roxette marcou o final dos anos 80 e a década de 90 com canções pop irônicas e baladas românticas e com certeza vai contar com fãs sempre presentes.

 

One Response to Roxette – Biografia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade