Seu Madruga – Coletânea de frases

Todos nós sabemos que Seu madruga era um verdadeiro filósofo. Então, vamos rir um pouquinho relembrando suas frases marcantes, que automaticamente nos transporta para a cena:

•    Tinha que ser o Chaves mesmo!
•    Não existe trabalho ruim, o ruim é ter que trabalhar.
•    Toma!
•    Eu posso explicar.
•    Só não te dou outra porque…
•    Digo… digo…
•    Chiquinha, vai já pra casa!
•    Dá licencinha pro Madruguinha que vai tomar um cafezinho…
•    Que que foi, que que foi, que que há?
•    A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena.
•    As pessoas boas devem amar seus inimigos.
•    Escute, aqui minha senhora…
•    Com toda barriga, senhor certeza! Digo, digo!
•    Se eu soubesse que tinha mandado um idiota fazer isso tinha ido eu mesmo.
•    Devemos perdoar as ofensas…Devemos perdoar as afrontas…Devemos perdoar os aluguéis atrasados…
•    Como ousa me acordar às 10 da madrugada, Chaves!?
•    Sou um cidadão consciente, não fanático!
•    Minha senhora, se acha que pode me comprar com alguns presentinhos, eu vou lhe dizer uma coisa… Eu aceito!
•    Eu sabia que você era idiota, mas não a nível executivo!
•    Vá ver que horas são na Catedral de Londres.
•    Seria a mesma coisa que compararmos a senhora com a Maitê Proença!
•    Fui eu! Fui eu! Fui eu! Pode mandar brasa sócia!
•    Sou pobre, porém honrado!”
•    Moça bonita! Moça bem feita! Moça formosa…
•    Mas que diabos…
•    Você sabe quanto custa trazer um artista do estrangeiro? Ainda mais sendo de outro país?? Eu tive que arcar com as burocracias! Portanto, me sinto na penosa obrigação de pedir uma ajuda. O que puderem! Qualquer coisa!
•    Vamos tirar a barriga senhor Barba.
•    Chapéu, sapato ou roupa usada, quem tem!
•    Sabe o que eu faço quando gritam comigo? Eu vou pra minha casa…
•    Vá até a esquina e veja se meu burro está bem amarrado.
•    Puxa, repuxa, recontrapuxa!
•    Por que você não manda ele se matar?
•    Quero ver, outra vez, seus olhinhos de noite serena…
•    As crianças de hoje são verdadeiras poligrotas!
•    Ai de você se contar pra sua mãe.
•    Eu vou lhe dizer onde estão os discos voadores! Nas suas bochechas!
•    Chaves, tenha mais Barriga pelo Sr. Respeito! Digo,digo…
•    Hoje é o dia 25! Há, então ainda tenho mais 5 dias pra lhe pagar!
•    Completou 15 meses hoje! E o senhor me bota pra fora da casa, ao invés de fazer uma festa!
•    A senhora quer ir voando? Então pegue essa vassoura!
•    Não seja burro Chaves, Dona Clotilde não é bruxa. Senão já teria feito alguma magia pra mudar de cara.
•    Com toda barriga senhor razão! Digo, digo.
•    Eu não sei como uma criança tão jovem consegue ser burra desse jeito.
•    Pois é, eu soube o que aconteceu entre o senhor e a valentona do 14.
•    Churros…churros…olha o churros.
•    Posso não ter um centavo no bolso, mas tenho um sorriso no rosto e isso vale mais que todo dinheiro do mundo.
•    Carne de Burro não é transparente !
•    Eu sempre deixo as vagas de empregos para os mais jovens, e venho adotando essa nobre.
•    Não consigo uma boa recomendação de trabalho do meu último patrão porque ele morreu há vinte anos.
•    São todas assim: começam ficando com o chapéu e acabam ficando com a carteira!
•    Não há nada mais trabalhoso do que viver sem trabalhar.
•    Sai pela janela, porque pago o aluguel para sair por onde eu bem entender!
•    Tá me chamando de troglodita? Ah, bom… Pensei que tivesse dito poliglota.
•    O senhor é cheio de barriga Seu Coração.
•    A barriga é a última que morre Seu Esperança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade