Seu Madruga, um ícone popular que encanta gerações.

É inegável que o personagem Seu Madruga, interpretado por Ramón Valdéz, é praticamente o mais querido do seriado Chaves. Seu sucesso foi tão grande, que o transformou em um ídolo cult imortalizado por várias gerações, estampando vários produtos. As características do personagem e as situações que o envolvem conquistaram a simpatia do público, deixando uma marca na história da T.V. e na vida de todos.
Bom, a história todos já conhecem: Seu Madruga é um viúvo pobre, mal-humorado, sem estudo, preguiçoso, mas de bom coração, que vive na Vila com sua filha Chiquinha. Desempregado, deve 14 meses de aluguel ao Senhor Barriga, proprietário da vila, e por isso vive fugindo dele. Também foge da Dona Clotilde, apelidada de Bruxa do 71, que é apaixonada por ele e sempre tenta uma oportunidade para agarrá-lo.
Impaciente, sempre dá cascudos no Chaves e beliscões no Quico. Sempre que está beliscando o Quico, é flagrado pela mãe dele, Dona Florinda, que lhe dá umas belas bofetadas. Na maioria das vezes é injustiçado e apanha sem ter culpa, mas a velha coroca não lhe dá chance.
Mesmo ranzinza, ele é engraçado. Tem um histórico de dificuldades, mas tenta ser um bom pai para a Chiquinha e uma figura paterna para o Chaves.
O motivo de tanta popularidade: a simplicidade do personagem, seu jeito de se vestir, essas situações, os outros moradores da vila, tudo isso foi responsável pelo sucesso do Seu Madruga, pois se aproxima do real e faz com que os fãs se identifiquem e sintam simpatia por ele. E é claro que não podemos nos esquecer do dublador, Carlos Seidl, que também contribuiu para o progresso do personagem.

O ator
Ramón Gómez Valdéz y Castillo nasceu em 02 de setembro de 1923, na Cidade do México. Foi casado 3 vezes e teve 10 filhos. Começou a carreira atuando em filmes, em 1968 começou a trabalhar com Roberto Gómez Bolamos e em 1973 estreou no seriado Chaves. Permaneceu até 1979 para trabalhar com Carlos Villagrán (Quico), e depois retornou em 1981.
No início da década de 80 foi diagnosticado com câncer de estômago, vindo a falecer no dia 09 de agosto de 1988. A série Chaves nunca mais foi a mesma. Não durou muito tempo e o elenco ficou abalado, pois Ramón era querido por todos. Amável e simples, tinha uma forte amizade com Carlos Villagrán e Angelines Fernandéz (Dona Clotilde). A atriz sentiu muito a perda do amigo e dizem que isso refletiu em seu estado de saúde, que a levou a óbito 6 anos depois de câncer no pulmão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade