Sódio da alimentação

O sódio é um elemento importante para o nosso organismo, essencial para a manutenção do metabolismo e do sistema imunológico. Sob a forma ionizada, mantém o equilíbrio do ph do sangue, da contração muscular, do ácido-base e água, ritmo cardíaco, além de fornecer a base para o suco gástrico que ajuda na digestão dos alimentos. Encontrado principalmente no sal de cozinha, o sódio deve ser consumido de forma moderada para não causar problemas de saúde decorrentes do excesso. A Sociedade Brasileira de Hipertensão recomenda cerca de 6 g por dia (equivalente a uma colher de chá).

A quantidade de sódio em alimentos de origem animal é maior que nos de origem vegetal. As principais fontes alimentares são:
-Sal de cozinha;
-Refrigerantes em geral (principalmente Soda);
-Glutamato monossódico: presente nas proteínas animais e vegetais;
-Batata inglesa, feijão, ovos;
-Lentilha seca, cenoura, abacate, leite de vaca;
-Alface, brócolis, repolho, berinjela, dentre outros.
-Frutos do mar, alimentos enlatados, conservas, embutidos e enlatados.

Deficiência
A deficiência de sódio causa fraqueza, convulsões, tonturas, náuseas, dificuldade de memorização, emagrecimento e dores de cabeça. No caso de pessoas hipertensas, com problemas cardíacos, as dietas com baixos níveis de sódio são adequadas.

Excesso
Já o excesso de sódio causa cefaleia, delírio, hipertensão, parada respiratória, disfunção renal, ganho de peso, hiperatividade e eritema na pele. Isso acontece porque o consumo excessivo libera hormônios que retêm líquidos e aumentam a pressão sanguínea, sobrecarregando o coração. É muito perigoso, pois aumenta as chances de pressão alta, infarto e derrame. Então, fique atento na dosagem conforme as informações abaixo:

Dosagem por faixa etária
Para crianças e adolescentes:
1 (um) ano: 225 mg/dia;
2 (dois) a 5 (cinco) anos: de 290 a 310 mg/dia;
6 (seis) a 11 (onze) anos: 400 mg/dia;
de 12 (doze) anos em diante: 500mg/dia;

Para adultos:
500 mg/dia;

Para lactantes:
de 0 (zero) a 6 (seis) meses: 120 mg/dia;
7 (sete) a 11 (onze) meses: 200 mg/dia;

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade