Trança – Mais uma opção para o verão

A trança é um penteado usado há séculos, originado na áfrica, e depois utilizado na Grécia Antiga e Europa, até chegar aos dias de hoje. Na África, a trança era uma forma de identificação das tribos; na Grécia antiga era usada pelas deusas e sacerdotisas, e na Europa nos séculos passados, era refinada e bem elaborada. No Brasil, primeiramente tornou-se popular entre os indígenas.

Por ser uma técnica antiga, sempre esteve presente nos cabelos, mas de uns tempos pra cá ela tem aparecido muito mais, devido aos novos estilos e variações com visual moderno. Apesar disso, as clássicas nunca saem de moda e combinam com qualquer ocasião.

No calor, a trança é uma opção para quem quer refrescar-se um pouco prendendo o cabelo sem deixá-lo totalmente escondido. Ao contrário, o cabelo trançado chama mais a atenção e ainda está na moda. O tipo de trança mais usada é a tradicional para trás. As embutidas são muito pedidas nos salões e dão um efeito muito bonito, ótimas para festas.

Outros tipos:

Trança lateral – feita com os fios meio frouxos, é charmosa e ideal para o dia a dia. Pode deixar um visual romântico ou moderno, com uma mecha torcida e presa com um grampo.

Trança tiara – pode ser usada no cabelo solto ou preso. Linda para festas.

Coque com tranças – também é adequado para festas, pois é um penteado sofisticado.

Trança espinha ou escama de peixe: essa é bem mais complexa do que as outras, com um efeito bastante artístico e elegante. Basta dividir o cabelo em duas partes e separar uma mecha fina na parte exterior de uma das duas partes que já foi dividida, unindo-a a parte oposta. O mesmo jeito deve ser feito com o outro lado: separando outra mecha fina da parte de baixo, juntando com o outro lado. O ideal para as iniciantes é prender um rabo de cavalo baixo e começar a fazer o trançado, para facilitar.

Trança estilo medieval: preferência entre os artistas em eventos especiais, não é muito trabalhosa, basta separar a parte de frente do cabelo e fazer duas tranças, uma de cada lado. Após finalizá-las, passe cada trança para cada lado e prenda. O resto do cabelo pode ser preso em um coque, ou deixado de lado, solto.

Trança embutida – geralmente parte da raiz do cabelo e necessita de certa habilidade para ser feita.

Dica para fazê-la:

  • Divida a franja em três mechas;
  • Inicie o trançado com as três mechas;
  • Depois de ter feito três gomos de franja, puxe alguns fios da lateral do cabelo e os una a uma mecha por vez em cada trançado;
  • Continue a trança, sempre puxando os fios do cabelo e os unindo a uma mecha;
  • Una todos os fios de cabelo a um único trançado e prenda com um elástico.

As tranças também podem ser feitas nos cabelos curtos, crespos ou cacheados. Os fios devem estar secos e bem soltos para não embaraçarem ou ficarem com aspecto pesado. Para o acabamento do penteado, use fixador ou pomada.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade